segunda-feira, julho 25, 2005

Günther von Kluge

Günther von Kluge foi um importante general alemão da Segunda Guerra Mundial e um grande teórico e incentivador da Blitzkrieg.

Nascido em Poznam, Alemanha, em 30 de outubro de 1882, ele ingressou no exército Alemão e lutou durante a Primeira Guerra Mundial como tenente de uma unidade de artilharia.

Permaneceu no Exército até 1933, quando foi designado para o Wehrkreis VI, na Westphalia. Em 1938, Kluge discordou as políticas de agressão promovidas pelo governo alemão, motivo pelo qual foi destituído de seu cargo.

Com a eclosão de Segunda Guerra Mundial, no entanto, ele foi reconvocado e assumiu o 4º Exército na invasão da Polônia. Em 1940, tomou parte na invasão da França e Rússia. Com a destituição de von Bock como comandante do grupo de exércitos do Centro, von Kluge assumiu seu lugar e deu prosseguimento à invasão da Rússia.

Em 27 de outubro de 1943, von Kluge sofreu um grave acidente de carro. Seriamente ferido, só pôde voltar à ativa em julho de 1944. No retorno, assumiu o comando das forças alemãs no oeste.

Embora não estivesse envolvido no complô contra Hitler ocorrido em 1944, von Kluge tornou-se suspeito devido a sua proximidade com Henning von Tresckow, antigo chefe do seu Estado-Maior na Rússia. Kluge tinha ciência de que haviam planos para matar o Führer, mas nunca colaborou de forma alguma com os conspiradores.

As suas relações com Hitler pioram com os resultados da Operação Lüttich, da qual von Kluge foi comandante. A operação estava fadada ao fracasso devido a insistência de Hitler em manter posições insustentáveis (como a linha Caen-Avranches) e também de atacar sem condições favoráveis (Operação Lüttich).

Durante os estágios finais da Operação, von Kluge ficou incomunicável por aproximadamente 48 horas, o que somente aumentou as suspeitas sobre ele, uma vez que a Gestapo o apontava como conspirador do atentado a bomba de Stauffemberg.

Convocado por Hitler a voltar para a Alemanha em 16 de agosto, Kluge pressentiu que seria punido pelo líder nazista e cometeu suicídio em 19 de agosto, ingerindo cianureto.

Terminava a carreira de um brilhante general da guerra relâmpago.

0 Comentários:

Postar um comentário

<< Home